Notícias

Notícias e novidades em tecnologica e recrutamento

12 de novembro de 2021 - Dinheiro Vivo

Finlandesa Reaktor abre escritório em Lisboa e quer contratar mais de cem pessoas

A Reaktor vai abrir um escritório em Lisboa, que será o seu novo 'hub' de competências tecnológicas, e pretende contratar 100 pessoas com perfis técnicos, incluindo programadores, nos próximos três a quatro anos, anunciou hoje a consultora finlandesa.

Criada em Helsíquia, a Reaktor, que é uma consultora tecnológica, acaba de anunciar a expansão da rede de 'hubs' de talento tecnológico na Europa, com a inauguração do escritório em Lisboa já em dezembro, sem adiantar o valor do investimento.

De acordo com a empresa, que tem entre os seus clientes a Adidas, Finnish Defence Forces, Leho, Nasdaq, Zenrobotics e o clube Liverpool FC, o objetivo é "recrutar, nos próximos três a quatro anos, mais de 100 perfis técnicos, incluindo programadores".

O escritório será inaugurado em dezembro, mas o recrutamento já está em andamento, "dada a natureza indiferente da sua localização e a consequente prevalência do teletrabalho", explica a Reaktor.

"Quando estávamos à procura da localização certa, o cenário tecnológico português foi uma escolha natural para nós", afirma o responsável de engenharia na Reaktor, Nizar Jouini, citado em comunicado.

"A 'pool' de talentos aqui é surpreendente; as pessoas têm as competências, são descontraídas e honestas acerca do que conseguem fazer. Lisboa personifica os valores centrais da nossa empresa - um paradigma internacional, de querer fazer, uma curiosidade infinita para ir ao encontro do desconhecido e para fazer mais e melhor quando os momentos são desafiantes", acrescenta o responsável.

Nizar Jouini é o escolhido para dirigir os novos escritórios.

"Também é uma oportunidade para a Reaktor aplicar a sua atitude de colocar as pessoas primeiro - a nossa essência é fazer com que as pessoas encontrem o verdadeiro valor do que fazem. O nosso próximo CTO [administrador tecnológico] poderá vir de Lisboa, o que é uma perspetiva muito entusiasmante", acresc...

Consultar artigo completo em Dinheiro Vivo