Notícias

Notícias e novidades em tecnologica e recrutamento

2 de dezembro de 2021 - Tek SAPO

Plataforma de e-commerce Jumia está a contratar 100 colaboradores no Porto

A Jumia opera no mercado africano, mas um dos principais centros de desenvolvimento da empresa está no Porto e já tem 350 colaboradores. A tecnológica quer integrar mais 100. 

A Jumia está a contratar 100 novos colaboradores para integrarem o seu centro de desenvolvimento tecnológico na cidade do Porto. A empresa gere uma plataforma de ecommerce que opera em África e é essa operação que conta com apoio a partir de Portugal.

O Tech Center do Porto foi o primeiro da Jumia e, segundo a empresa, é um dos mais importantes, numa rede que tem outros centros em África. No Porto estão 350 colaboradores e a equipa será agora reforçada com engenheiros de software, gestores de produto e engenheiros de cibersegurança.

A Jumia gere um marketplace que liga consumidores e lojistas. Conta também com uma plataforma de logística que assegura a entrega de milhões de encomendas e um serviço de pagamentos – JumiaPay – que facilita as transações financeiras no seu ecossistema.

A empresa foi o primeiro unicórnio de África (vale mais de mil milhões de dólares). Nasceu na Nigéria em 2012 e hoje assegura presença em 11 países do continente africano e cerca de cinco mil empregos. Desde 2019, está cotada na bolsa de Nova Iorque.

Hugo Conceição, Chief Technology Officer do Grupo Jumia, sublinha na nota de imprensa lançada a propósito da campanha de recrutamento, que o crescimento da Jumia tem acompanhado o crescimento do comércio eletrónico em África, acelerado pelas limitações da Covid-19.

“Desde a pandemia, os consumidores africanos passaram a procurar cada vez mais produtos do dia-a-dia online. Esta mudança nos hábitos de consumo leva a que o e-commerce esteja cada vez mais presente na vida quotidiana das pessoas”, destaca o responsável. “Isto, aliado ao facto do COVID-19 ter impulsionado a adoção do comércio eletrónico em África, está na raiz de um forte investimento na nossa tecnologia e na necess...

Consultar artigo completo em Tek SAPO