Notícias

Notícias e novidades em tecnologica e recrutamento

10 de agosto de 2020 - Computer World

CEO da SAP quer Europa a investir na formação de talentos

Christian Klein, CEO da SAP disse, ao Financial Times, que o continente europeu precisa “fazer melhor” e construir uma pipeline de talentos se não quiser ficar para trás dos Estados Unidos e da Ásia em tecnologia.

A maior empresa de softwre europeia, está a ajudar a União Europeia a construir a sua própria infraestrutura de dados. Embora Christian Klein acredite que a região tenha condições de construir mais empresas como a SAP, diz que há “claramente uma falta de talento” Eurorpa.

“Quando temos vagas abertas para um engenheiro de software na Europa, vejo que cerca de 20 a 30 pessoas se candidatam ao cargo”, disse. “Quando ofereço a mesma posição na Ásia, tenho centenas de pessoas que querem ter este mesmo emprego. E, é claro, também nos EUA, você vê, quando está perto de ótimas universidades, você tem um ótimo acesso a talentos”.

A Comissão Europeia tem um plano para melhorar este cenário e aumentar a soberania tecnológica do bloco. Este plano, apresentado no início do ano, quer garantir que a Europa tenha condições de competir com os EUA e a Ásia no que diz respeito a tecnologias como inteligência artificial e análise e uso de dados.

Bruxelas planeia gastar 600 milhões de euros em formção com mais de 250.000 pessoas em toda a Europa para obtenção de skills tecnológicas avançadas.

A UE ainda tem em plano construir a Gaia-X, uma rede de computação em nuvem e serviços de dados, que será protegida pelas leis da UE e oferecerá uma alternativa aos fornecedores norte americanos AmazonMicrosoft Google.

Formação

A SAP emprega mais de 100 mil funcionários em todo o mundo, com cerca de 25.000 na sua sede na Alemanha, no entanto, realiza a maior parte dos seus negócios fora do continente europeu, sendo os EUA seu maior mercado, reperesentado cerca de um terço da receita total da empresa....

Consultar artigo completo em Computer World