Notícias

Notícias e novidades em tecnologica e recrutamento

12 de novembro de 2021 - Executive Digest

Euronext no Porto vai contratar. Praça da Invicta já representa 10% do capital humano do grupo

O centro tecnológico no Porto da Euronext, a gestora de bolsas que controla a bolsa de Lisboa, mais que duplicou o número de funcionários desde o seu lançamento em 2017, para quase 200 pessoas. Em entrevista ao Jornal de Negócios, o CEO do grupo, Stéphane Boujnah, anuncia, no entanto, que o capital humano na central da invicta vai continuar a aumentar.

“Numa das primeiras visitas que fiz a Portugal fui visitar o então presidente da CMVM, Carlos Tavares, e ele disse-me: ‘Tem de encontrar uma solução, porque a bolsa é demasiado pequena’. Por isso decidimos organizar a migração do nosso centro tecnológico, que estava em Belfast para o Porto. Há coisas que posso fazer e há coisas que não posso fazer”, começa por dizer Stéphane Boujnah.

“O que não podemos fazer é criar um mercado que é maior em número de empresas cotadas. Isso não podemos fazer. O que podemos fazer – e fizemos – é aumentar, ano após ano, a relevância das equipas do Porto”, acrescenta o CEO da gestora das principais praças Europeias.

Atualmente, Portugal contribui apenas para 2% das receitas do grupo, mas pesa na despesa com 10% de todo o capital humano da Euronext.

Consultar artigo completo em Executive Digest